Sistema de arrefecimento do veículo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Sistema de arrefecimento do veículo

Mensagem  Admin em Qui Jun 16, 2016 2:45 pm



Cuidado com a água que você utiliza para limpar o radiador do carro. O líquido extraído do poço ou salinizado pode oxidar o motor, danificar gaxetas, retentores e bomba d’água. O chefe de oficina da Italiana, concessionária Fiat, Fábio Rogério do Nascimento, diz que o ideal é usar água potável no radiador.

Importante também é utilizar o aditivo. O recomendado é a base de etilenoglicol – um líquido que suporta altas e baixas temperaturas sem ferver ou congelar. “A proporção da mistura pode ser de um litro de água para um litro de aditivo”, diz Rogério. O aditivo aumenta o ponto de ebulição e melhora a refrigeração.

“O prazo de troca do aditivo deve obedecer as recomendações de cada fabricante, descrita no manual do proprietário”, lembra o técnico.

O sistema de arrefecimento – composto por radiador, bomba d’água, mangueiras, reservatório de expansão e válvulas – também requer a periodicidade de manutenção.

De acordo com Fábio Rogério, a verificação é indicada nas revisões. Os resíduos acumulados no sistema podem levar ao superaquecimento do motor, causar desgaste anormal de componentes, aumentar o consumo de combustível e danificar o sistema elétrico de arrefecimento.

A limpeza doméstica não é a mais recomendada, fala o chefe de oficina da Italiana. “Ela não consegue atingir as partes internas do motor expulsando a água suja e as impurezas acumuladas”, justifica ele.

O melhor meio é levar o carro para uma oficina que disponha do equipamento adequado para a limpeza do radiador. “A máquina tem mangueiras que são acopladas na entrada e saída d’água. Ela bombeia a água limpa, arrastando as impurezas. O trabalho termina quando o líquido eliminado do sistema de arrefecimento estiver sem resíduo”, ressalta Fábio Rogério.

Há casos em que a só limpeza não resolve. Quando a oxidação compromete o funcionamento da peça, o correto é fazer substituição por outra.

DICAS IMPORTANTES: Apesar da recomendação para que a limpeza seja feita na oficina, o dono de automóvel deve ficar atento à manutenção do sistema de arrefecimento. O proprietário deve verificar o nível do líquido do radiador semanalmente. Se estiver baixo, complete com água limpa. Caso você perceba que o volume diminui com maior freqüência, é sinal de que existe defeito.

O indicador de temperatura também deve ser observado. Se o ponteiro passar da faixa vermelha, pare o carro e espere ele esfriar.

Nunca coloque água no radiador quente. O choque térmico procova danos ao motor, além do mais, ao misturar o líquido frio com o quente , a pressão vai jogá-lo para fora, podendo provocar um acidente.

(fonte: Centro automotivo RMS )

=====================================================================

Vídeo aula do Professsor Messi Maram



=====================================================================

Aqueles carros que ficam parados na estrada, complicando o trânsito, com o capô aberto e um monte de fumaça saindo dele, está com problema no sistema de arrefecimento. Uma das maiores causas de parada de veículos e um dos problemas mais baratos e fáceis de se resolver com uma simples revisão no seu mecânico de confiança antes de viajar.

O sistema de arrefecimento é responsável pela temperatura de funcionamento do motor. É através de alguns componentes que o motor se mantém de forma ideal, rodando sem maiores problemas.

O que deve ser verificado em uma revisão do sistema de arrefecimento:



1) Líquido de arrefecimento: é o que circula pelo sistema, mantendo através da troca de calor, a temperatura ideal de funcionamento no motor;

2) Radiador: responsável pelo resfriamento do líquido de arrefecimento que circula pelo bloco do motor, mantendo a temperatura correta.

3) Válvula termostática: é o que controla a temperatura do líquido de arrefecimento. Quando o motor atinge a temperatura ideal, a válvula se abre e o líquido vai ao radiador para se resfriar e fecha quando o este se resfria, mantendo o motor funcionando corretamente.

4) Bomba d´água: responsável pela pressão que faz o líquido circular pelo sistema do motor, passando pela válvula termostática e retornando ao radiador;

5) Reservatório de expansão: é onde o líquido de arrefecimento fica armazenado. Deve ser verificado a cada 30 mil km e reabastecido adequadamente sempre que a marca estiver abaixo do nível indicado ou conforme recomendado no manual de proprietário do veículo.

6) Mangueiras: responsáveis pela circulação do liquido. Devem ser verificadas a procura de ranhuras ou rachaduras que ocasionam vazamentos e a consequente perda do correto funcionamento do sistema.

7) Sensor de Temperatura: envia um sinal eletrônico da temperatura do motor ao painel ou ao computador do veículo.

8 ) Interruptor Térmico: é o que aciona a ventoinha localizada junto ao radiador para resfriar o líquido dentro do radiador quando o veiculo está em congestionamentos.

Para maiores informações sobre o diagnóstico e manutenção de todo o sistema de arrefecimento, vejam o vídeo no nosso canal do Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=CEGz22TamlM

Na manutenção preventiva, o que mais deve-se cuidar é do líquido de arrefecimento. Um veículo sem o correto funcionamento do sistema de arrefecimento poderá “ferver” e consequentemente, o motor irá parar.

(Fonte: Super Top Motor )

Admin
Admin

Mensagens : 285
Reputação : 0
Data de inscrição : 02/02/2013
Idade : 58
Localização : S.Paulo - BR

Ver perfil do usuário http://hereditarios.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum