Primeira Gestação

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Primeira Gestação

Mensagem  Admin em Dom Fev 24, 2013 1:58 pm

Encontrei um blog de uma mãe que registrou toda a sua gestação. Como as postagens de lá estava em ordem inversa, devido as datas de postagem, as coloquei aqui em ordem crescente, para que as postagens subsequentes venham a ser enriquecida com as experiências de cada uma (ou também de cada um pois o homem participa desse processo, no amparo a essa trajetória da mulher.

1º TRIMESTRE

1ª Semana




Sua menstruação se iniciou e aproximadamente daqui a 14 dias você estará ovulando, e esta é a data propícia para realizar seu sonho de ser mãe.

Se você está pretendendo engravidar, é uma boa idéia fazer uma visita ao seu médico para que ele lhe receite um suplemento vitamínico de Ácido Fólico.As pesquisas mostram que mulheres que tomam vitaminas contendo ácido fólico, diminuem os riscos de terem filhos com defeitos do tubo neural. O ácido fólico pode ser encontrado em muitos alimentos e também em forma de comprimidos. Boas fontes de ácido fólico são os grãos (pão de trigo integral, por exemplo), os vegetais verde escuros, como espinafre e brócolis, as carnes, a cenoura, o feijão e a lentilha, a gema de ovo e etc. Todas as mulheres devem começar a ingerir essas vitaminas pelo menos três meses antes de engravidar.Os defeitos no tubo neural acontecem 25 a 29 dias depois da mulher engravidar, e algumas das doenças relacionadas a estes defeitos são a anencefalia (falta de cérebro), espinha bífida, meningo-miolocele e encefalocele. Nesse período, muitas mulheres nem ao menos sabem que estão grávidas. Por isso mesmo, mulheres em idade fértil devem tomar vitaminas contendo ácido fólico como prevenção, principalmente quando não estiverem usando nenhum tipo de anticoncepcional. O ácido fólico também é importante para a amamentação.

Portanto, é necessário continuar tomando as vitaminas durante toda a gravidez.

Você deve ingerir 5mg de ácido fólico por dia (antes e durante toda a gravidez), se tiver diabetes ou epilepsia, se houver história de defeitos do tubo neural em sua família, ou se você já teve uma gravidez afetada por um defeito no tubo neural. Aproveite para discutir com seu médico, a conveniência de fazer um exame de sangue ou um ultra-som entre os 3 e os 6 meses de gravidez para localizar possíveis defeitos. Não esqueça de informar a ele sobre os medicamentos que você estiver utilizando.

Evite a partir de agora, tirar radiografias, utilizar as drogas e o fumo, e ingerir qualquer tipo de bebida alcoólica, pois estas substâncias podem causar defeitos no seu bebê.

O Folículo, semente que vai originar o óvulo, está em fase de amadurecimento.

Fonte: Meu bebê e eu


2ª Semana


http://3.bp.blogspot.com/_v9AnjbJIQa4/S_q6biSYp5I/AAAAAAAABgs/gvcHpGazVw8/s400/1b.jpg



Durante a segunda semana, seu útero se prepara para receber o novo ser, como faz em todos os ciclos menstruais. Simultaneamente, ocorre uma lenta aproximação mútua do pavilhão da trompa e do ovário, pois os dois órgãos tentam encurtar a distância espacial a ser percorrida pelo óvulo.

O folículo amadureceu e um de seus ovários está prestes a liberar o óvulo.Ao mesmo tempo, seu útero está se preparando para abrigar o futuro bebê, tornando o endométrio (camada interna que reveste o útero) mais espesso e ricamente vascularizado, pela ação dos hormônios produzidos pelos ovários.

Fonte: Meu bebê e eu


3ª Semana



No início desta semana você provavelmente ovulou e seu óvulo vai se tornar alvo dos espermatozóides.No começo da gestação, tudo é sabiamente controlado pela natureza no que diz respeito ao ponto de vista físico. Portanto, você pode influir pouco nesta fase. Só em casos de mulheres que têm qualquer dificuldade para prosseguir a gravidez, é que se deve evitar esforços físicos extremados que poderiam prejudicar a fixação do “ovo” na parede uterina.

O óvulo está indo para o terço externo de uma de suas trompas, onde será fecundado e os milhões de espermatozóides, por sua vez, estão percorrendo o trajeto vagina-trompa para ir de encontro a ele. Quando os espermatozóides chegarem ao óvulo, apenas um deles o penetrará e seus núcleos se fundirão (o processo de fertilização leva em média 24 horas).Da fusão dos dois núcleos é gerado o ovo; ou célula-ovo e podemos dizer que neste momento nasce um novo ser. A partir daí, o “ovo” inicia sua viagem de 7 a 10 dias até o útero, enquanto suas células se multiplicam exponencialmente. Este estágio é conhecido pelo nome de mórula (amora em latin).Nesta fase, o que será um futuro ser humano, é apenas um acúmulo de células que dará origem a um embrião. Mas mesmo neste estágio mais primitivo do seu desenvolvimento, ele não é um monte de células desordenadas, e sim, um ser com capacidade de força de formação própria e toda uma individualidade que se manifestará logo depois com particularidades básicas.

Fonte: Meu bebê e eu


4ª Semana





Aproximadamente na metade desta semana, seus seios começarão a ficar doloridos e a ganhar volume, e provavelmente surgirá um pouco de cansaço, alterações de humor e uma freqüente vontade de urinar.
Algumas mulheres podem apresentar nesta fase um pequeno sangramento vaginal, fazendo-as pensar que vão menstruar. Portanto, não se preocupe se isto acontecer com você, pois este é o sinal de que "ovo" está escavando a parede do útero (endométrio) para se fixar.
O 1º trimestre de gestação é o período mais crítico da formação do seu bebê. Portanto, se você não evitou as drogas, o fumo e o álcool até este momento, comece agora, pois estas substâncias são prejudiciais a ele. Procure também, não ingerir chocolate, café e alguns tipos de refrigerante, pois eles contêm cafeína, que também prejudica seu bebê.Faça uma dieta rica em frutas e vegetais, e ingira pelo menos um litro e meio de água diariamente, leite e derivados.

O "ovo" entrou em seu útero ainda em fase de multiplicação das células e vai a busca de um lugar para se fixar. Durante a fixação, o "ovo", por ser um tecido estranho ao seu organismo, já que contêm componentes celulares do papai, poderia ser eliminado. Mas esta rejeição é impedida pelo próprio "ovo", que produz substâncias especiais que atuam sobre o seu sistema imunológico. Durante a fixação, as células ainda em multiplicação de dividem em dois grupos - um vai formar o bebê e o outro a placenta.
Como você vê, mesmo antes do teste de gravidez dar positivo, deve haver simultaneidade de fatores fisiológicos adequados. E isso, por si só, é uma primeira garantia de que seu bebê vai se desenvolver de uma forma sadia.
Quando o "ovo" completa sua fixação, se transforma em uma bolha sólida cheia de liquido, e passa a se chamar blastocisto (blasto = que vai gerar algo; cisto = cavidade). A partir de agora você já pode se considerar mamãe e neste exato momento, seu bebê está medindo mais ou menos 0,2 mm.No final desta semana, o cordão umbilical estará completamente funcional, a placenta, fonte de alimento do seu bebê até o nascimento, estará se formando e o pequenino terá aproximadamente de 0,4 a 0,6 mm de comprimento.

Fonte: Meu bebê e eu


5ª Semana



Por enquanto nada de barriga, mas quando sua menstruação atrasa, por volta do final da 4ª e início da 5ª semana, confirma-se o grande acontecimento. Seu corpo começa a acusar ligeiras modificações e o hormônio específico da gravidez (HCG - hormônio Ganadotrópico Coriônico Humano) já está circulando em seu organismo, podendo ser detectado através de certos exames, como por exemplo, o teste de gravidez vendido nas farmácias, que mede o nível de HCG contido na urina.Entretanto, vale a pena lembrar que qualquer exame de gravidez deve ser realizado com pelo menos 5 dias de atraso menstrual, caso contrário o mesmo pode acusar um resultado falso-negativo.

Chegou a hora de marcar sua primeira consulta ao obstetra e certamente, esta será a visita mais longa de toda a gravidez. Não se esqueça de fazer uma lista com suas perguntas antes de ir ao consultório, pois será o momento certo para você tirar todas as suas dúvidas.Nesta primeira consulta, seu obstetra irá lhe fazer uma série de perguntas sobre sua história familiar e solicitar vários exames para avaliar sua saúde e possíveis problemas que possam atingir o seu bebê, como por exemplo, o de urina (proteína, HCG, presença de infecção e etc.), o de fezes, o de sangue (HIV - AIDS, sífilis, grupo sangüíneo, fator Rh, presença de anemia e anticorpos anti-toxoplasma, glicemia para Diabetes, níveis de ferro e imunidades - especificamente rubéola, Hepatite B e SIDA) e o ultra-som para observar o saco gestacional, que tem aproximadamente 1 cm de diâmetro, e verificar como está a implantação (neste primeiro ultra-som é absolutamente normal não se visualizar o batimento cardiofetal, o que geralmente acontece a partir de 7 semanas, às vezes somente a partir da 8ª semana).Seu obstetra também lhe pesará, medirá a pressão sanguínea e calculará, com base no primeiro dia da sua última menstruação, em que fase gestacional você se encontra e a data provável para o nascimento do seu bebê.Não se esqueça também de dizer a ele sobre as doenças que por ventura você tenha e de todos os medicamentos que está tomando.

Quanto aos seus sintomas, continuam iguais aos da semana passada. Porém nesta semana, talvez você sinta dores de cabeça em razão da elevação hormonal. Existem muitas mulheres que não têm qualquer sintoma durante toda a gravidez, inclusive náuseas. Portanto, não se apavore se você não tiver sintomas de gravidez. Contudo, se seus sintomas desaparecerem repentinamente, procure seu obstetra.Você deverá cuidar muito bem do seu cabelo, mas NUNCA use tinturas, substâncias para alisamento e outros tipos de produto utilizados para alterar a forma dos cabelos, pois eles têm sempre um pouco de amônia, uma substância contra-indicada, especialmente nos três primeiros meses de gestação, uma vez que ela entra na corrente sangüínea através do couro cabeludo. Depois desse período, como não se sabe ao certo se estes produtos químicos são prejudiciais ao bebê, é recomendável que você não use. O ideal é procurar soluções alternativas como a henna, que é comprovadamente segura.

O medo de sofrer um aborto costuma incomodar a maioria das grávidas - e esse receio faz sentido. Cerca de 20% das mulheres que engravidam abortam até a 8ª semana.Se você abortar, não fique se culpando, pois entenda que geralmente o aborto ocorre devido à própria natureza, que interrompe a gestação para evitar que um bebê venha a se desenvolver ou a nascer com problemas.Você só deverá começar a se preocupar caso ocorram 3 ou mais abortamentos consecutivos, pois aí sim é necessário fazer estudos sobre abortamento habitual.

Do lado de fora, a gente só vê a barriga crescer. Mas é dentro dela que acontece a grande revolução.

Seu bebê que agora é um embrião, tem a forma da letra C, encontra-se com cerca de 1,5 a 2,5 mm de comprimento e é composto de um corpo com uma cabeça, um tronco e uma cauda.
No final desta semana, o ácido fólico já estará agindo e a formação do tubo neural se iniciará.

Além disso, seu pequenino coração começará a bater. Porém, a circulação de sangue será parcial, pois os vasos sanguíneos ainda estarão incompletos.

Fonte: Meu bebê e eu


6ª Semana




Se você sentiu náuseas na semana passada, prepare-se, pois elas talvez piorem agora, sendo que na maioria das vezes ocorrerão pela manhã, principalmente quando você escovar os dentes.

Podem ocorrer também, má digestão e salivação excessiva.Para combater as náuseas e a má digestão, o ideal é comer pequenas porções, várias vezes ao dia, principalmente de carboidratos, como pão e biscoitos salgados. Alimente-se bem, beba bastante água, coma folhas verde-escuras, como agrião e rúcula e evite comidas cruas, tipo sushis.Ainda nesta semana, a região em torno de seus mamilos (aréola) começa a escurecer e nesta área podem surgir pequenos nódulos.

Caso haja gatos em sua casa, e você é quem cuida deles, a partir de agora evite ao máximo entrar em contato com suas fezes, pois elas transmitem a Toxoplasmose, que é uma doença que causa defeitos genéticos. Se for possível, deixe que outras pessoas da sua família cuidem dos gatos.

A partir desta etapa, os aparelhos respiratório, circulatório e digestivo do seu bebê, entram em formação. Portanto, é uma fase muito importante para ele.A coluna vertebral é a primeira coisa que se desenvolve e nesta fase, aparecem as bases do cérebro e da medula espinhal. Seus ouvidos começam a entrar em formação e a circulação de sangue se estabelece. Ao mesmo tempo, os rudimentos do fígado, pâncreas, pulmões e estômago se tornam evidentes, bem como os brotos que darão origem aos membros superiores.O coração, apesar de ser um pequeno tubo, já bate de 140 a 150 vezes por minuto, duas vezes mais que o de uma pessoa adulta. Além disso, o vínculo entre seu filho e você se torna mais intenso, pois os vasos sangüíneos que unem o cordão umbilical com a placenta, aparecem.Nesta semana, seu bebê ainda é considerado um embrião e mede em torno de 4 a 6 mm de comprimento.

Fonte: Meu bebê e eu


7ª Semana



Sua face pode começar a se modificar em razão dos hormônios e seus seios continuam crescendo, preparando-se para produzir o leite. Você também vai se sentir mais sensível e sonolenta, e até a 12ª semana pode haver perda de peso devido às náuseas e vômitos.

Daqui em diante, é importante dormir no mínimo 8 horas por noite e fazer repousos à tarde. Lembre-se de manter a casa sempre bem ventilada.

As curvas sobre as quais se formarão os dedos das mãos já podem ser notadas, e os brotos dos membros inferiores começam a aparecer. Enquanto isso, células primitivas começam a chegar à área genital e em breve responderão às instruções genéticas para desenvolver os órgãos genitais femininos ou masculinos.Um ultra-som transvaginal nesta fase, já pode detectar as batidas do coração.Seu bebê tem agora entre 7 e 9 mm de comprimento e pesa aproximadamente 0,8 grama.

Fonte: Meu bebê e eu

8ª Semana




Seu útero está se pondo maior, mas as pessoas ao seu redor nem desconfiam que você está grávida, entretanto, suas roupas estão começando a ficar apertadas próximo a cintura.Quanto aos sintomas, continuam os mesmos, entretanto podem surgir corrimentos, que vão ser tratados adequadamente no momento certo quando realmente forem patológicos, pois na gravidez há um aumento de secreções sem traduzir doença.

Você sabia que a partir desta semana já é possível conhecer o sexo do seu bebê?Pois é, graças ao biólogo molecular José Eduardo Levi, do Banco de Sangue do Hospital Sírio Libanês, que realizou um estudo por seis anos para desenvolver um teste que identifica fragmentos do cromossomo Y no sangue materno, não é preciso mais esperar até a 14ª semana.Estamos falando da Sexagem

Fetal, um teste que embora esteja sendo realizado desde 2003 aqui no Brasil, e ficando cada vez mais popular, ainda é desconhecido para a maioria das pessoas.A Sexagem Fetal é um teste não-invasivo, com excelente grau de acerto, a mamãe não precisa de nenhuma preparação especial (não há necessidade de jejum) e todas as grávidas podem se submeter a ele. Com uma pequena amostra do sangue da mãe pode se encontrar poucas quantidades de DNA do feto. A presença do cromossomo “Y” indica que é um menino e a ausência dele, uma menina. No caso de gêmeos, se forem idênticos, univitelinos, o resultado é válido para os dois fetos. Em gêmeos fraternos, bivitelinos, o resultado “Y”, significa que ao menos um dos gêmeos será menino. Se o resultado der ausência de cromossomo “Y” pode-se dizer que ambas são meninas.O teste pode ser feito nos maiores hospitais e laboratórios do Brasil e o resultado sai em aproximadamente 5 dias úteis.O preço é salgado, em torno de R$300,00 a R$400,00, mas parece valer o alívio da curiosidade dos pais.

Seu bebê ganha algumas formas, mede por volta de 10 a 11 mm e o peso está em torno de 2 gramas.Embora ainda não se note a barriga, ele está se desenvolvendo bastante, e neste estágio, já é possível perceber o início da formação das orelhas, que surgem nas laterais do pescoço, da boca e dos olhos, assim como dos dois buraquinhos que darão origem as fossas nasais. Apesar dos dedos das mãos serem unidos por uma membrana de pele, já é possível distingui-los.O processo de ossificação do esqueleto (desenvolvimento das células ósseas) se inicia, e a glândula pituitária, responsável pelos hormônios que regulam outras glândulas como a tiróide e as supra-renais, começa a se formar.Os dois hemisférios do cérebro já são claramente visíveis e o órgão cresce tão intensamente que a cabeça se torna desproporcional ao corpo.Por incrível que pareça, os intestinos começam a se desenvolver dentro do cordão umbilical, e migrarão depois para o abdômen do seu bebê quando ele estiver bastante grande para acomodá-los.

Fonte: Meu bebê e eu


9ª Semana




Você continua sentindo náuseas e cansaço, e possivelmente sentirá um pouco de tontura e sensibilidade na gengiva.

A partir de agora, suas visitas ao obstetra consistirão em medição da pressão sangüínea e do útero (a medida do útero é tirada externamente com a ajuda de uma fita métrica), pesagem, exame de urina e de ultra-som e escuta dos tons do coração do seu bebê. Caso você tenha alguma doença ou é dependente de drogas, o acompanhamento da gravidez será mais rigoroso, e seu médico solicitará exames específicos.

Convém ir ao seu dentista para verificar como está a sua saúde bucal, principalmente as gengivas. Doenças da gengiva podem aumentar o risco de parto prematuro.Se você não conseguir ir ao dentista em razão dos enjôos, procure ir no início do segundo trimestre de gestação, quando você já estará livre deste incômodo.

Nesta semana, seu bebê passa a ser considerado um feto, pesa cerca de 3 gramas e mede aproximadamente de 13 a 20 mm.O desenvolvimento de seus olhos está quase completo e os mesmos estão recobertos por uma membrana palpebral, embora estejam nas laterais da cabeça, que por sua vez, se encontra mais ereta. Os labirintos, localizados nos ouvidos e responsáveis pelo equilíbrio e posição do corpo, estão se formando, enquanto os dedos das mãos começam a se separar.Agora já se pode notar a formação das pernas e pés, e surgem pela primeira vez movimentos bruscos e espontâneos, pois o cérebro é conectado aos minúsculos músculos e nervos que se desenvolvem.Os intestinos e os pulmões já estão quase totalmente construídos e o processo de ossificação do esqueleto está em andamento.Ainda nesta semana o período crítico de desenvolvimento de seus braços terminará, e os mesmos já estarão na posição correta e proporcionais em relação ao corpo.

Fonte: Meu bebê e eu


2º TRIMESTRE

10ª Semana




Sua cintura está desaparecendo lentamente. Portanto, aproveite agora para medí-la, pois compará-la nos próximos meses pode ser muito divertido.Quanto às náuseas e o cansaço, provavelmente você ainda está sentindo. Mas não se preocupe, pois em breve cessarão.

Nesta semana, embora seu bebê ainda pareça um peixinho de aproximadamente 28 a 35 mm de comprimento e 4 a 5 gramas de peso (peso de dois clipes de papel), seus órgãos genitais, as articulações principais dos ombros, dos cotovelos, da bacia e dos joelhos já são visíveis e os órgãos internos já estão em seus devidos lugares. Além disso, a coluna vertebral ganha suaves movimentos e a língua, a laringe e a tiróide começam a se formar.Nesta fase, seu bebê começa a movimentar a cabeça, os braços e o tronco e se alguma coisa tocar seu rosto, ele já consegue esticar os bracinhos para afastá-la.O período crítico da formação das pernas está a ponto de terminar, e elas já se encontram nos seus lugares e proporcionais em relação ao corpo. Surgem as plantas dos pés e as dobras entre elas e os dedos, que por sua vez, começam a distinguir-se uns dos outros. Quanto aos dedos das mãos, já estão totalmente formados.O lábio superior e os olhos se encontram bem definidos e as pálpebras começam a se desenvolver. As orelhas estão quase que completamente concluídas e, assim como os olhos, avançam para a posição final. O marco mais importante desta semana é o desaparecimento do rabo.

11ª Semana




É a partir de agora que você começa a se sentir realmente grávida, pois sua barriga começa a crescer. Enquanto o útero aumenta de volume, seus outros órgãos, como o coração e os rins, começam a trabalhar mais para suprir as necessidades do seu bebê.

Há mulheres que até esta fase, já engordaram muito além do normal, enquanto outras não ganharam nenhum peso. Engordar durante a gravidez é uma preocupação de muitas mulheres.

Porém, esta preocupação deveria estar focalizada na nutrição e não no peso. A chave para isto é uma dieta equilibrada com uma boa variedade de frutas, legumes e proteínas. No entanto, quando falamos em proteínas, não quer dizer que estamos falando especificamente em carne, pois há muitas vegetarianas que têm uma gravidez saudável.Apesar do comentário popular, não é necessário comer por dois, ou seja, ingerir grandes quantidades de alimentos. O importante é se alimentar de três em três horas sem exageros. Além disso, faça suas refeições normalmente e se possível no mesmo horário.

Nesta semana, seu bebê já está livre de adquirir anomalias congênitas, que são provocadas pela insuficiência de ácido fólico. Mas não se esqueça do que falamos antes. Continue com as vitaminas, pois ele precisa delas até o final da gravidez.

A cabeça do seu bebê é quase metade do tamanho do corpo, mas isso mudará de acordo com o crescimento. Os dedos dos pés e o sistema auditivo já estão concluídos, a íris começa a se desenvolver e inicia-se o processo de formação das unhas. A placenta, por sua vez, ganha um número significativo de vasos sangüíneos, cujo os quais levarão uma infinidade de nutrientes à seu bebê, além da oxigenação. Quanto ao intestino, começa a migrar do cordão umbilical para o abdômen. Agora, o peso do seu bebê está entre 8 e 11 gramas e o comprimento entre 45 e 60 mm.

12ª Semana




Nesta semana, você sentirá melhoras em relação as suas náuseas e cansaço. Porém, sua respiração pode ficar mais acelerada e a digestão mais lenta, causando às vezes, prisão de ventre.Os enjôos que você deve estar sentindo, são uma resposta do organismo à verdadeira revolução hormonal que está ocorrendo dentro de você.

Nesta semana seu obstetra irá solicitar o exame de Trâslucência Nucal e o morfológico.A Medição da TN estuda a translucência nucal dos fetos com 12 semanas, e depois relaciona com a idade materna e antecedentes obstétricos para poder dar a probabilidade de alterações cromossômicas.A translucência nucal representa um pequeno acúmulo de líquido que ocorre na região da nuca do bebê, durante um curto período da gravidez. Kypros Nicolaides, um pesquisador cipriota radicado em Londres – Inglaterra, estudou que fetos portadores de síndrome de Down possuíam um aumento desta região, perceptível e mensurável ao ultra-som, ainda no 1º trimestre, entre 11 e 14 semanas, quando ele mede entre 45 e 84 mm de CCN (Comprimento Cabeça-Nádegas). Posteriormente, vários pesquisadores identificaram uma relação entre aumento da translucência nucal e várias anormalidades fetais, genéticas e não-genéticas. Particularmente nos fetos com cromossomos normais, várias doenças ligadas ao sistema circulatório (coração) e ósseas foram descritas. A translucência nucal possui sensibilidade média de 60% para diagnóstico de síndrome de Down, quando medida na técnica adequada. Se associada à idade materna e à medida do CCN, esta sensibilidade pode chegar a 85%. A medida de translucência nucal permite reposicionar a gestante em um cálculo de risco para cromossomopatias, grupo de doenças genéticas que inclui a Síndrome de Down. Uma gestante pode reduzir várias vezes o risco relacionado à idade, quando apresenta uma medida normal. Por ser um exame ultra-sonográfico, sem riscos para o bebê, recomenda-se sua realização em todas as gestações, independente do risco genético presente.É importante lembrar que este exame não é para diagnóstico e sim um screning para se ver a probabilidade, de acordo com a idade materna, antecedentes e espessura da prega, de se ter alguma alteração genética. O diagnóstico de certeza somente pode ser dado com estudo do cariótipo fetal, que é feito pela aminiocentese (colheita do liquido) a partir de 20 semanas, mas este exame tem indicações precisas, como primigesta idosa e antecedentes familiares de síndrome de Down.Durante o exame ultra-sonográfico para medida da translucência nucal, é realizado o ultra-som Morfológico de Primeiro Trimestre, que permite avaliar toda a anatomia interna e externa do bebê em desenvolvimento.

Neste ultra-som, vários órgãos, sistemas e vasos são pesquisados.A via de acesso é preferencialmente via transvaginal, podendo ser eventualmente por via transabdominal.Por ser mais detalhado, o exame é mais demorado que os outros, pois são verificados: o número de bebês, a localização da placenta, a medida do colo uterino e toda a Morfologia Fetal (Pólo Cefálico, Cérebro, Face, Coluna, Nuca, Tórax, Coração, Abdome, Aparelho Genito-Urinário, Extremidades, etc). Além disso, é feita a identificação e a avaliação do saco gestacional, a principal datação da gestação (que será utilizada como referência para toda a gestação) e o comprimento do bebê (CCN - Comprimento Cabeça-Nádegas).

O cérebro não tem o mesmo tamanho que no nascimento, porém tem a mesma estrutura.

Formam-se as cordas vocais e seu bebê já pode emitir sons. O fígado começa a segregar bílis e os intestinos já migraram do cordão umbilical para o abdômen do bebê. A tiróide e a bexiga estão completamente construídas, bem como o pâncreas, que começa a produzir insulina.Seu bebê já tem seus reflexos e também movimentos de prática na área digestiva. Tudo isto em preparação para vida de extra-uterina. Agora ele se encontra com aproximadamente 89 mm e pesa de 12 a 14 gramas.

Se na próxima consulta seu médico usar um Doppler, você poderá ouvir o coração do seu bebê bater. Ele soará muito rapidamente e será confuso como o som do trote de um cavalo.

SEGUNDO TRIMESTRE

Conheça os procedimentos obrigatórios e os extras


Biópsia vilocorial (12ª semana)

Por meio da coleta de tecido da placenta, com uma agulha fina introduzida na barriga, esse exame detecta malformações de causa genética.

Amniocentese (15ª à 20ª semana)

Investiga doenças genéticas, como a síndrome de Down, por meio da coleta do líquido amniótico. O resultado demora de 10 a 20 dias, mas uma parte do líquido retirado pode ser submetido ao exame de Fish, uma técnica que acelera o resultado. Em 72 horas, é possível avaliar as cinco principais doenças cromossômicas, responsáveis por 95% dos problemas.

Ecocardiografia (a partir da 20ª semana)

Checa o coração do bebê, quando a gestante tem histórico de problemas cardíacos ou quando há suspeita de malformação cardíaca.

Cardiotocografia (depois da 26ª semana)

Confere oscilações na freqüência cardíaca do feto para saber se o bebê está em sofrimento. Na reta final da gravidez, é o exame utilizado para observar a regularidade das contrações uterinas,que provocam aceleração dos batimentos cardíacos no bebê.

Perfil biofísico fetal (a partir da 26ª semana)

Averigua o comportamento e a vitalidade do bebê pela ultra-sonografia em gestações de risco, como diabete e hipertensão, que podem comprometer o desenvolvimento da placenta.


13ª Semana




Seja bem-vinda ao Segundo Trimestre!


É a partir de agora que você começa a se sentir realmente grávida, pois tem mais energia, mais disposição e menos enjôos, apesar de o sono continuar grande.

Se no primeiro trimestre você não conseguiu ir ao dentista por causa dos enjôos, agora é a hora, pois como dissemos há semanas atrás, doenças na gengiva podem aumentar o risco de parto prematuro.

Algumas mulheres gostam de guardar segredo até esta fase. Portanto, se você não contou a seus amigos que vai ser mamãe, o que acha de contar agora? Não é uma boa idéia? Aliás, dentro de algumas semanas você não vai mais conseguir esconder a barriga.

Seu bebê está com mais ou menos 28 gramas de peso e seu comprimento varia de 10 a 12 cm. O coração, ainda pequeno, já é responsável pelo bombeamento de sangue para todas as partes do corpo, e agora, ele é capaz de movimentar todas as articulações de um braço ou de uma perna.

Além de chutar e virar os pés, dobra os dedos, franze a fronte, abre e fecha a boca, coça a cabeça, faz caretas e esfrega os olhos.No final desta etapa, os brotos dos dentes de leite surgirão, e todos os órgãos internos estarão totalmente construídos e funcionando.


14ª Semana




Em virtude dos hormônios, pode haver mudanças em sua pele, deixando-a mais lisa, bonita e jovem. Você também vai perceber que seus cabelos estão mais macios e volumosos. Por outro lado, suas gengivas podem amolecer. Portanto, redobre os cuidados com a dentição.

Nesta semana, suas aréolas (região em torno dos mamilos) podem ter aumentado e provavelmente aparecerá em você uma linha escura entre o topo do abdômen e osso pubiano.
Esta linha leva o nome de "Línea Negra" e surge por causa da impregnação da melanina produzida pela placenta.

Seu bebê já urina no líquido amniótico e começa a jogá-lo para dentro e para fora dos pulmões, como se estivesse ensaiando para quando precisar deles no momento do nascimento. O líquido amniótico é uma substância surpreendente, que se regenera totalmente de 3 em 3 horas e é parcialmente composto de urina.O pequenino encontra-se agora com aproximadamente 13,2 cm de comprimento e pesa em torno de 53 gramas.

15ª Semana




Esta semana marca o início da época de ouro da gravidez. Livre dos enjôos, com uma barriga discreta e longe do risco de aborto, você começa a notar que está ganhando peso nas nádegas e que sua transpiração está aumentando.Seu coração trabalha mais para gerar oxigênio para o bebê e a quantidade de sangue aumentou aproximadamente em 20%. Este percentual irá aumentar gradativamente para 30% ou 50% até o final da gravidez. Em conseqüência disto, você poderá ter a partir de agora e até o final da gravidez, sangramentos no nariz, o que é muito normal. Gerar um bebê não é uma tarefa fácil, não é?Suas roupas estão ficando mais apertadas.

Então, que tal começar a dar uma pesquisada nas lojas para gestantes (dê preferência a sapatos não muito altos e roupas confortáveis) ou se não, usar as roupas do papai?

Aproveite que o mal-estar foi embora e capriche na alimentação saudável, pois você precisa de 300 calorias a mais por dia. Dê preferência às frutas, porque elas ajudam o intestino que ficou mais lento por causa do HCG.

Seu bebê pode ter desenvolvido o hábito de chupar o dedo, suas feições se individualizam e as expressões faciais começam a ficar evidentes. O mais impressionante é que ele começa a apresentar expressões de agrado e desagrado. Seus cabelos, sobrancelhas e cílios estão começando a crescer e a pele, é tão fina que se pode ver os vasos sanguíneos.No final desta semana, ele estará pesando entre 82 gramas e terá cerca de 14,5 cm de comprimento.

16ª Semana




A partir de agora é que você vai sentir os primeiros movimentos do seu bebê e perceber, de fato, sua existência. Porém, se esta não é sua primeira gravidez, provavelmente você já os sentiu, principalmente porque você já sabe diferenciá-los. Entretanto, é absolutamente normal uma mamãe de primeira viagem não sentir os movimentos do seu bebê até a 22ª ou 24ª semana.Seus seios tornam-se ainda mais pesados, quentes, doloridos e cheios de veias azuladas e as glândulas lactíferas começam a produzir o leite.Procure dormir sempre de lado, pois como seu útero está em crescimento, pode restringir o fluxo sangüíneo. Mas dê preferência para o lado esquerdo, assim você descomprime a veia Cava e a Aorta e também melhora o fluxo da placenta.

Suas unhas continuam em processo de formação e as orelhas já estão no local correto da cabeça.

Porém, os olhos continuam seu caminho rumo a fronte. Além disso, seu bebê começa a desenvolver o sentido do paladar. Isso porque, nesta idade, as papilas gustativas já estão desenvolvidas e surgem as primeiras preferências. Ele faz caretas e pára de engolir quando uma gota de qualquer substância amarga é introduzida no líquido amniótico, enquanto uma gota de substância doce, provoca a aceleração da ingestão do líquido. Seu bebê reage da mesma maneira à nicotina e ao álcool ingeridos por você, com o que evidência o desagrado que lhe causam.Agora ele esvazia a bexiga a cada 40 ou 45 minutos e surgem os primeiros movimentos, pois seus principais músculos estão reagindo aos estímulos cerebrais.Até o final desta semana ele estará medindo aproximadamente 16 cm, pesará em torno de 120 gramas e já será capaz de movimentar as pernas juntamente com os braços, mexer os dedos e abrir e fechar os punhos.

17ª Semana


Suas secreções podem aumentar ainda mais devido à elevação de sangue. Portanto, se você estiver suando muito e tendo freqüentes congestões nasais, não é preciso se preocupar.

Entretanto, se você sentir dores ou ardências quando urinar, procure seu médico, pois você pode estar com uma infecção urinária, o que é muito comum em gestantes.

Outros problemas que podem surgir e que devem obrigatoriamente ser comunicados ao médico são:

Febre;Perda de líquidos pela vagina;Sangramentos, principalmente se ocorrerem após as relações;Corrimentos;Dores de cabeça;Zumbido no ouvido;Nervosismo e agressividade ou angústia;Insônia ou sono excessivo;Inchaço:Coceiras;Dores de estômago;Problemas dentários;Dor nas costas;

Abaixo da pele do seu bebê estão se formando depósitos de gordura na cor castanho. Isto lhe ajudará a manter a temperatura corporal quando nascer e no final da gravidez corresponderá de 2 a 6% de seu peso.Neste estágio, o pequenino se movimenta muito e pesa mais que a placenta. As extremidades e as articulações estão totalmente formadas e os músculos começam a ficar mais fortalecidos. Além disso, ele ganha uma pelugem (lanugem) muito fina sobre todo o corpo, que permanecerá até o final da gravidez. Mas às vezes, apresenta-se por alguns dias na face e nas orelhas após do nascimento.

Um marco importante neste período é a definição do sexo. Apesar de ser determinado no momento da fusão dos núcleos do óvulo e do espermatozóide, é agora, através da ultra-sonografia, que já dá para o médico identificar, com certeza, se seu bebê é um menino ou uma menina. Isso porque no início, as glândulas sexuais são iguais: um pequeno broto entre as perninhas. Por volta da 11ª semana, nos meninos, as duas partes do órgão genital crescem juntas para formar o pênis e os testículos já mostram os canais em que o esperma vai se desenvolver.

Nas meninas, essa mesma membrana se abre em duas partes para formar a vagina. Os ovários se formam e, por incrível que pareça, já armazenam os 500 mil óvulos que a mulher vai liberar durante toda sua vida. Do final desta semana, até o término da gestação, seu bebê se limitará a crescer em tamanho. Da mesma forma, seus órgãos vitais, pouco a pouco, irão amadurecer o suficiente para permitir que o pequeno viva como um ser independente.
Seu bebê está pesando aproximadamente 140 gramas e medindo por volta de 18 cm de comprimento.

18ª Semana


A partir de agora, dormir se tornará uma tarefa um pouco desconfortável. Experimente então, usar travesseiros como apoio para lhe ajudar a achar uma melhor posição para deitar.

Se você já fazia exercícios antes de engravidar, pode continuar, mas se você nunca fez ou já faz tempo que não faz, converse com seu médico, pois somente ele, após avaliá-la, pode dizer quais são os mais recomendados para você.Geralmente, alongamentos, caminhadas, bicicleta, ioga, pilates, hidroginástica e localizadas leves são os mais indicados. Mas mesmo para estes tipos de exercícios, seu médico deve ser consultado.

Se você ainda não escolheu um nome para seu bebê, está aí uma boa hora! Aproveite e dê uma olhadinha na nossa lista de nomes e significados.

Seu bebê tem cerca 20.5 cm de comprimento, pesa em torno de 198 gramas e está crescendo rapidamente.Os dedinhos já adquiriram as impressões digitais e os olhos estão corretamente posicionados. Agora ele já se comunica com você através de chutes e cotoveladas e se coloca em uma série de posições dentro do útero - senta até de pernas cruzadas. Além disso, ele já pode sentir os gestos de carinho sobre o abdômen.

19ª Semana

[center]

Nesta semana seu obstetra irá solicitar o ultra-som Morfológico.Este ultra-som é um exame que permite avaliar toda a anatomia interna e externa do bebê.A via de acesso é via transabdominal, mas para a avaliação do colo uterino o exame é feito via transvaginal.Por ser mais detalhado, o exame é mais demorado que os outros, pois são verificados: o número de bebês, a localização da placenta, a medida do colo uterino e toda a Morfologia Fetal (Pólo Cefálico, Cérebro, Face,

Coluna, Nuca, Tórax, Coração, Abdome, Aparelho Genito-Urinário, Extremidades, etc). Além disso, é realizada a Avaliação do Volume de Líquido Amniótico, do grau placentário e, na Morfologia Fetal, é analisado também o Trato Gastro-intestinal e a atividade e ritmo cardíaco.O exame morfológico deve ser realizado, de preferência, no período entre 18 e 24 semanas. Mas a tendência atual é a realização de uma outra avaliação preliminar da estrutura fetal durante a realização da translucência nucal, que é feita entre 11 e 14 semanas.

Se você optou por não saber o sexo do seu bebê, não se irrite se as pessoas ficarem lhe perguntando, pois está é uma curiosidade que todos têm. Caso contrário, brinque de quem descobre se ele é um menino ou uma menina. Vai ser um barato! Principalmente para os avós corujas.

A pele do seu bebê começa a adquirir uma coloração rosada em função da pigmentação, e os brotos dos dentes permanentes estão se desenvolvendo por de trás dos de leite já formados.Nesta semana, ele está pesando aproximadamente 225 gramas e tem por volta de 21 a 23 cm de comprimento.

20ª Semana


avatar
Admin
Admin

Mensagens : 290
Reputação : 0
Data de inscrição : 02/02/2013
Idade : 59
Localização : S.Paulo - BR

Ver perfil do usuário http://hereditarios.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum