Quando as crianças ensinam

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Quando as crianças ensinam

Mensagem  Admin em Seg Mar 11, 2013 5:43 pm

Quando as crianças ensinam


15. Trouxeram-lhe também criancinhas, para que ele as tocasse. Vendo isto, os discípulos as repreendiam.
16. Jesus, porém, chamou-as e disse: Deixai vir a mim as criancinhas e não as impeçais, porque o Reino de Deus é daqueles que se parecem com elas.
17. Em verdade vos declaro: quem não receber o Reino de Deus como uma criancinha, nele não entrará.
S.Lucas 18´


Leia mais em: http://www.bibliacatolica.com.br/biblia-ave-maria/sao-lucas/18/#ixzz2NFRB8zks


No interior, garoto palmeirense pede foto com Paulo Henrique Ganso


Na chegada do São Paulo a Lins, onde a delegação está hospedada para enfrentar o Penapolense, às 18h30 deste domingo, Paulo Henrique Ganso foi um dos jogadores mais assediados. Até um garoto palmeirense quis tirar foto com o Maestro. O Tricolor jogará com time reserva e o camisa 8 será titular nesta tarde (Crédito: Rubens Chiri/saopaulofc.net)

Leia mais no LANCENET! http://www.lancenet.com.br/sao-paulo/interior-palmeirense-Paulo-Henrique-Ganso_0_875912480.html#ixzz2NFPGgbrY
© 1997-2013 Todos os direitos reservados a Areté Editorial S.A Diário LANCE!



De coração, na mesma moeda...

Garoto, torcedor do S. Paulo, pede a camisa do Valdívia, após empate de 0 x 0 recebe e comemora.



O clássico entre São Paulo e Palmeiras, domingo, no Morumbi, não teve gols, mas foi repleto de lances de tensão e até de violência, como a cotovelada do zagueiro Lúcio no meia Valdivia - o jogador do Tricolor foi expulso no lance.
Mas coube ao próprio Valdivia mostrar, depois do jogo, que a rivalidade se limita ao que ocorre dentro de campo. Na saída do gramado, rumo ao vestiário, logo após conceder entrevistas, o chileno viu um garoto no setor VIP do estádio chamar pelo seu nome e pedir sua camisa. Até aí, nada de mais – acontece em todo jogo. O bonito da imagem foi que o menino torce pelo São Paulo. Mesmo vestindo o uniforme do Tricolor, e acompanhado pelo pai também são-paulino, o garoto pediu a camisa do ídolo do Palmeiras. E foi prontamente atendido por Valdivia.



Garoto são-paulino feliz da vida com a camisa de Valdivia

Fonte






Enquanto isso, outros que já adulteraram a infância, se matam nas ruas, matam criança em estádio.









.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 290
Reputação : 0
Data de inscrição : 02/02/2013
Idade : 59
Localização : S.Paulo - BR

Ver perfil do usuário http://hereditarios.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum