Ora-pro-Nobis

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Ora-pro-Nobis

Mensagem  Admin em Seg Mar 11, 2013 10:23 pm

Ora pro nobis

Ora-pro-nobis (Pereskia aculeata), do latim "rogai por nós", é uma cactácea, um cacto trepadeira com folhas[1]. Tem espinhos e pode ser usada em cercas-vivas, se desenvolvendo bem tanto na sombra como no sol.

Originária do continente americano, encontram-se variedades nativas dessa hortaliça perene, rústica e resistente à seca da Flórida, nos Estados Unidos, à região sudeste do Brasil.

Segundo tradições populares, o nome teria sido criado por pessoas que colhiam a planta no quintal de um padre, enquanto ele rezava em latim: Ora pro nobis.

O nome científico é uma homenagem ao cientista francês Nicolas-Claude Fabri de Peiresc, e o termo aculeata vem do latim e significa espinho, agulha.

Acredita-se que o cultivo em larga escala do ora-pro-nobis poderia representar uma revolução nos recursos alimentícios da humanidade, devido a seu fácil cultivo, grande produção e alto valor nutricional.

É um vegetal rico em ferro, ajuda a curar anemias das mais graves. Usa-se como o orégano, em forma de folha seca e moída. Também usada no preparo da farinha múltipla, complemento nutricional no combate à fome.
Suas folhas são ricas em mucilagem, que contribui para o bom funcionamento do intestino.

As folhas secas e moídas são usadas em diferentes receitas, especialmente em sopas, omeletes, tortas e refogados. Muita gente prefere consumir as folhas cruas em saladas, acompanhando o prato principal. Outros as usam como mistura para enriquecer farinha, massas e pães em geral. É servido cotidianamente nas cidades históricas do estado de Minas Gerais, onde a planta é mais popular.

Ainda há o emprego para a produção de mel e possui 25,4% de proteínas, sendo por isso conhecido como "carne dos pobres", vitaminas A, B e C bem como, além do ferro, minerais como cálcio e fósforo.

Cultivo

A variedade tem flores brancas, quando é mais adequada para consumo, e suas folhas podem ser ingeridas refogadas ou mesmo cruas, as flores também são comestíveis. A variedade comestível tem miolo alaranjado e folhas pequenas e suculentas.

A ora-pro-nóbis é propagada por meio de estacas plantadas em solo fértil enriquecido matéria orgânica e, depois de enraizadas, são transplantadas para o local definitivo.

Serve também para alimentação animal, in natura ou na ração, barateando os custos da produção.

(não sei como se lida com os espinhos no caso de alimentação in natura para o gado.)

Fonte: Wikipedia


O ora-pro-nois não pode ser confundido com a grandiflora ou a bleo que têm flores rosa (muito comuns no Brasil, e difíceis de serem diferenciadas sem a florada).











(Essa planta "vira praga" e é necessário ter controle. Em vista disso, sendo necessário a poda, essa sendo desidratada, poderá fornecer a excelente ração para animais já citada.)

Mais informações:

http://www.melissotroficas.com.br/orapronobis/ora_04.asp

http://come-se.blogspot.com/2010/06/quintal-produtivo.html
http://come-se.blogspot.com/2008/04/ora-pro-nbis.html

http://come-se.blogspot.com/2010/11/uma-pereskia-perto-de-casa-outro-tipo.html (outra ora pro nobis)


Esse vendedor de mudas de rami (pessoa física) me presenteou com umas dez mudas de ora pro nobis quando adquiri dele o rami (que aliás é outra "praga" abençoada)

http://comprar-vender.mfrural.com.br/detalhe.aspx?cdp=44107&nmoca=mudas-mudas-rami
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 287
Reputação : 0
Data de inscrição : 02/02/2013
Idade : 59
Localização : S.Paulo - BR

Ver perfil do usuário http://hereditarios.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Pudim Bolo de Limão

Mensagem  Marcos1429 em Ter Jan 14, 2014 8:20 pm

ingredientes:
3 colheres de sopa de farinha de trigo
l xícara de açúcar
3 colheres de sopa de manteiga ou margarina em temperatura ambiente
3 ovos separados
l colher de sopa de casca de limão ralada
3 colheres de sopa de suco de limão
l l/2 xícara de leite

modo de fazer:
Misture a farinha de trigo com a metade do açúcar e adicione a manteiga ou margarina mexendo bem , até obter um creme.
Acrescente as gemas batidas, a casca e o suco de limão e o leite.
Misture.
Bata as claras em neve e adicione o restante do açúcar, batendo.
Junte as claras à mistura de farinha e mexa cuidadosamente.
Distribua entre 6 tigelinhas individuais de vidro refratário e leve ao forno moderado ( l70 graus ), em banho Maria, durante uns 50 minutos.
Quando o pudim estiver assado, haverá uma camada semelhante a um bolo, na superfície de cada tigelinha, por cima do pudim.
Deixe esfriar, leve à geladeira, desenforme, e sirva com creme de leite se desejar.
Rendimento: 6 porções

Fonte: Pudim de Bolo de Limão Razz 

Marcos1429

Mensagens : 3
Reputação : 100
Data de inscrição : 14/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum