A morte de Kennedy

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A morte de Kennedy

Mensagem  Admin em Sex Mar 15, 2013 7:24 pm

Mesmo depois de tantos fatos mais do que evidentes ainda existem pessoas que discordam da existência de sociedade secretas, eu não diria mentes céticas, mas sim alienados ou mal informados, muito mal informados.

Muitos não sabem, mas o presidente John F. Kennedy denunciou abertamente as sociedades secretas que dominavam e manipulavam secretamente o governo na época, ele mostrou de forma honrosa ser totalmente contra essas sociedades e disse que iria fazer o que pudesse para proteger o povo americano, mas misteriosamente depois de mostrar ser contra os planos dessas sociedades ele foi morto.



Trecho da palestra "O Presidente e a Imprensa" no Hotel Waldorf-Astoria, Nova Iorque em 27 de Abril de 1961.


A trágica cena do desfile presidencial em 22 de novembro de 1963, registrada em Dallas por um cineasta amador, mostra que a morte de John Kennedy revela segredos e mistérios até hoje especulados pela mídia.

O primeiro é que havia dois assassinos e não um como divulgou a polícia. Porque, de acordo com o vídeo o presidente foi atingido por uma bala na parte frontal da cabeça que a empurrou violentamente para trás. Porém, o assassino oficial estava posicionado atrás da limousine quando ocorreu o primeiro disparo, concluindo que o tiro foi disparado por outra pessoa. No entanto, não puderam confirmar essa teoria, pois uma hora após o crime, Lee Harvey Oswald foi preso com a arma que matou o presidente e confessou o crime. Dois dias após o atentado, Oswald foi morto na garagem da delegacia de polícia por um homem que disse querer vingar a morte do presidente.



Após a tragédia que marcou a história da América, muita gente acabou na sepultura. Lee Bowers Jr. afirmou ter assistido o desfile presidencial em Dallas e viu dois homens armados atrás de uma cerca. De acordo com Bowers, os suspeitos fugiram após o tiro fatal. Embora ninguém tenha dado crédito ao depoimento de Bowers, a imprensa continuou divulgando sua história. Três anos depois, ele morreu num estranho acidente automobilístico no qual seu carro se chocou numa ponte.

  Lee Bowers Jr.

Sobrou até para o deputado Hale Boggs, que discordou publicamente da tese de que havia apenas um atirador. Ele declarou que estava sendo pressionado pelo FBI para mudar de idéia. Boggs desapareceu misteriosamente junto com o avião no qual viajava para o Alasca, e jamais foi encontrado. Boggs fazia parte da Comissão Werren, responsável pela investigação do caso.

 Hale Boggs

O agente da CIA, Gary Underhill afirmou que alguns de seus colegas estavam envolvidos na morte do presidente Kennedy. Ele foi encontrado morto com uma bala na cabeça e uma arma automática na mão esquerda. Underhill era destro.

  Gary Underhill

E a lista de mortos no caso Kennedy é bem maior do que se imagina. O fato é que todos aqueles que de alguma maneira apresentaram teses ou idéias contrárias às divulgas pela Comissão Werren, foram mortos enigmaticamente sem deixar rastros.

De acordo com o filme JFK A Pergunta Que Não Quer Calar (1991) , de Oliver Stone, a morte do presidente Kennedy foi arquitetada por uma grande conspiração que envolvia até Fidel Castro. Além de Richard Nixon, Maçonaria, Illuminati, CIA, KGB e muita gente mais. Terá sido esta a explicação verdadeira da morte de John Kennedy? Ou Stone não passa de mais um conspirólogo bem sucedido? Uma coisa é certa, ninguém teve coragem de contestar sua tese. Nem a favor, nem contra. O filme acabou sendo sucesso de bilheteira na época.

A verdade concluída é, John Kennedy foi assassinado por integrantes da Illuminati, pois tentou revelar o segredo tão bem guardado por eles, uma conspiração que ultrapassa fronteiras e visa o controle do mundo como limite, John Kennedy revelou também que a escolha da presidência era uma farsa, na verdade eles eram auto-eleitos por membros da própria política americana, não somente Kennedy foi calado, muitos outros também, o grande rapper Tupac fez o mesmo e foi morto, Michael Jackson também foi calado, a Princesa Diana, muitos outros e qualquer um que tentar revelar tal conspiração é morto.

"Se as pessoas algum dia descobrissem o que nós já fizemos, nós seríamos perseguidos pelas ruas e linchados." - George Bush pai.

"Estamos à beira de uma transformação global. Tudo o que é necessário é a grande crise certa e as nações aceitarão a Nova Ordem Mundial." - David Rockefeller no Conselho do Comércio das Nações Unidas a 23 de Setembro de 1994.

"Eles secretamente criam um problema, a população reage com medo e a solução é a transferência de poderes para os que originalmente criaram o problema." (dialética hegeliana - G. W. Friedrich Hegel, 1770-1831)" />" />
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 287
Reputação : 0
Data de inscrição : 02/02/2013
Idade : 58
Localização : S.Paulo - BR

Ver perfil do usuário http://hereditarios.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A morte de Kennedy

Mensagem  Admin em Seg Out 28, 2013 10:22 pm

Abaixo a palestra completa, em inglês e legendada também em inglês:

avatar
Admin
Admin

Mensagens : 287
Reputação : 0
Data de inscrição : 02/02/2013
Idade : 58
Localização : S.Paulo - BR

Ver perfil do usuário http://hereditarios.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum